Página Inicial
 
Entidade
Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia  Brasileira
 
PÁGINA INICIAL ORGANIZAÇÃO DOWNLOAD ANAIS BVS-Psi AJUDA CONTATO

Pesquisa
Busca:
Por:

 Página Principal
                                                   

APRESENTAÇÃO

    Um Congresso do Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira

Histórico

     O Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira foi concebido para a constituição de um espaço de construção coletiva da Psicologia. Com a integração das primeiras entidades, a semente germinou e o espaço se tornou realidade.
     As primeiras entidades a integrarem o Fórum foram a Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP), a Sociedade Brasileira de Psicologia (SBP), o Conselho Nacional de Entidades Estudantis da Psicologia (CONEP), a Federação Nacional dos Psicólogos (FENAPSI) e o Conselho Federal de Psicologia (CFP).
      Para que o Fórum funcionasse com legitimidade, adotou-se o princípio do consenso entre as entidades que o constituem. Desta forma, suas ações e decisões expressam efetivamente o pensamento das entidades representativas da Psicologia no Brasil.
      As reuniões do Fórum ocorrem no mínimo uma vez por semestre ou mais freqüentemente, se necessário. Além disso, sem uma periodicidade definida, convoca-se a plenária, com a participação de todas as entidades nacionais da Psicologia. Essa reunião é feita a fim de aumentar a transparência e a visibilidade do Fórum e para garantir sua legitimidade como porta-voz da psicologia no Brasil. O Fórum tornou-se, assim, um canal adequado para expressão da psicologia e um lugar privilegiado para estimular o diálogo entre a psicologia como ciência e a psicologia como profissão.
     Dentre as conquistas do Fórum de Entidades merecem destaque a construção da biblioteca virtual da Psicologia e do Index-Psi (www.pol.org.br), facilitando a consulta e o estudo dos mais variados temas da área e provendo o pesquisadores de um recurso muito valioso para a recuperação de informação. Outro fruto dessa união de entidades foi a campanha 'Psicologia em Alerta' na qual se discutiram, no ano passado, os principais problemas encontrados na área. Além disso, o Fórum foi responsável pela constituição da Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP), criando um espaço para articular o debate da formação na área, permitindo uma participação ativa na discussão sobre as diretrizes curriculares, sobre a abertura de novos cursos e sobre provão. O Fórum ainda se faz presente na articulação da Psicologia Latino-Americana e do Mercosul.
Congresso.
       O momento, o Fórum de Entidades se empenha na organização do I Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão que será realizado de 1 a 5 de setembro, em São Paulo, na Cidade Universitária. A alavanca mestra que move o "Ciência e Profissão" é a retomada do elo perdido entre a ciência e a profissão, isto é, o evento deverá significar o início da reconstrução da ponte entre a pesquisa e a prática profissional. A finalidade é que a Psicologia no Brasil tenha sua ciência alimentada pelas indagações que nascem na prática da profissão, ao mesmo tempo em que os psicólogos tenham um amplo acesso aos conhecimentos científicos.
         A idealização desse evento e a sua articulação surgiram há alguns anos, quando o Fórum ainda era constituído somente pelas entidades fundadoras. Logo a seguir, o Fórum ganhou a adesão de mais cinco sociedades nacionais da psicologia (Associação Brasileira de Ensino de Psicologia - ABEP, Associação Brasileira de Psicologia Social - ABRAPSO, Sociedade Brasileira de Psicologia do Desenvolvimento - SBPD, Associação Brasileira de Psicologia Jurídica - ABPJ e Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional - ABRAPEE), em reunião realizada com a comunidade durante um congresso da SBP.
         Para garantir a representatividade e abrangência do Congresso e torná-lo efetivamente um legítimo encontro da Psicologia do Brasil, todas as entidades nacionais de psicologia foram convidadas para compor sua Comissão Organizadora. Com essa abertura, juntaram-se ao Fórum mais seis entidades: Associação Brasileira de Orientadores Profissionais - ABOP, o Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica -IBAP, a Sociedade Brasileira de Psicologia Hospitalar - SBPH, Sociedade Brasileira de Psicologia Organizacional e do Trabalho - SBPOT, a Sociedade Brasileira de Psicologia Política - SBPP e a Sociedade Brasileira de Rorschach - SBRo. Infelizmente, por razões que ainda não ficaram claras, a SBP, uma das entidades fundadoras, desligou-se do Fórum e da organização do Congresso.
          Hoje, o Fórum está constituído por 15 Entidades Nacionais da Psicologia e continua aberto à entrada de outras entidades nacionais representativas e comprometidas com o desenvolvimento da Psicologia como Ciência e Profissão.
          A importância do I CBPCP não está só nos ideais que pretende atingir, mas também nos números que já atingiu. O congresso alcançou a marca de 7 mil inscritos, sendo propostos 2.010 Painéis, 411 Mesas-Redondas/Simpósios, 43 Cursos e 57 Conversando Sobre.... O limite de vagas é para 10 mil inscritos. Esses números expressam o grau de legitimidade do Fórum de Entidades, demonstrando que ele possui realmente um conjunto de entidades representativas da Psicologia do Brasil.